segunda-feira, 5 de março de 2012

A minha linha de pensamento sob pressão de trabalho

Tenho 100 avaliações de putos para fazer até amanhã. Já encomendei pizza. E chateia-me o facto de estarem na moda os tons pastel. Para além disso encontrei um jogo novo na net para substituir o angry birds. E há montes de boa música a sair. Devo ter algumas séries para ver. Raio, tenho de ir comprar bilhetes para Mark Lanegan. Quantos dias faltam para as férias da Páscoa? Hmm, 3 semanas. Vou tomar banho. Tenho o Valter Hugo Mãe em espera. Só me falta 1 capítulo. Devia ter comprado mais tabaco. O Lukashenko disse o quê?! Imbecil de merda. Vou só fazer uma festinha ao gato. A pizza nunca mais chega. Melhor ligar à minha mãe, senão liga-me quando estiver a trabalhar a sério e depois é chato parar. Que concertos é que há mais este mês? Preciso de uns ténis novos. Não tenho roupa suficiente para pôr na máquina. Olha um passarinho verde na árvore! Que giro! Vou tirar uma foto. Fotos... a desterrada ainda não me passou as fotos do sbsr. Aquela gaja é sempre a mesma coisa. Será que está online? (...) Não atende. Argh.. A pizza nunca mais chega. Tenho de começar a trabalhar. A pizza chegou. Trouxeram-me coca-cola e eu pedi cerveja. Eu não gosto de coca-cola (sem Rum). Vou jantar. (...) É melhor ir comprar tabaco às bombas. Aproveito e tomo um café. Melhor então ir a Belém. Vou a pé que me faz bem à saúde. Mas tem de ser rápido, para começar a trabalhar. (...)

4 comentários:

Antonov disse...

Feist?

jacaré disse...

Infelizmente não creio. Mas vou tentar mudar isso. Vou ver Mark Lanegan ao Porto e as finanças apertam.

Antonov disse...

hummm... e até que ponto achas isso bem?

jacaré disse...

Não acho bem de todo. E sofro muito. Ainda na esperança que me saia a sorte grande.